Marden e Fraga – Advogados Associados

Blog

+
Noticias / 9 nov 2020

Empregado de montadora tem minutos destinados ao lanche incluídos nas horas extras

Fonte: TST. Acessado em 09/11/2020. Independentemente das atividades realizadas, todo o tempo excedente deve ser computado. Por decisão da Sétima Turma do Tribunal Superior do Trabalho, a Volkswagen do Brasil Indústria de Veículos Automotores Ltda. terá de pagar como jornada extraordinária os minutos diários destinados ao…

leia mais
+
Noticias / 6 nov 2020

Motorista de caminhão consegue comprovar que tinha a jornada controlada indiretamente

Fonte: TST. Acessado em 06/11/2020. A Subseção I Especializada em Dissídios Individuais (SDI-1) do Tribunal Superior do Trabalho concluiu que um motorista da Granja Chua e da Genética Suína DB-Danbred, de Patos de Minas (MG), tinha a jornada de trabalho controlada pelas empresas, por meio de tacógrafo e aparelho celular. Assim, deferiu…

leia mais
+
Noticias / 4 nov 2020

Bancária consegue restabelecer natureza salarial do auxílio-alimentação

Fonte: TST. Acessado em 04/11/2020. A atribuição de natureza indenizatória à parcela foi considerada ilegal. A Quarta Turma do Tribunal Superior do Trabalho reconheceu a natureza salarial do auxílio-alimentação pago a uma empregada da Caixa Econômica Federal (CEF). O banco tinha alterado a natureza da parcela para indenizatória,…

leia mais
+
Noticias / 30 out 2020

Privar servidor público de tirar férias caracteriza enriquecimento sem causa por parte da Administração Pública

Fonte: TRF1. Acessado em 30/10/2020. Com o intuito de converter em dinheiro período de férias não usufruídas por motivo de necessidade de serviço, um servidor público ingressou com ação na Justiça Federal comprovando não ter gozado férias em um ano, mas ter usufruído, integral ou parcialmente, do direito nos anos…

leia mais
+
Noticias / 28 out 2020

Falta de colete à prova de balas para vigilante armado enseja danos morais

Fonte: TRT2. Acessado em 28/10/2020. Uma trabalhadora que desempenhou a função de vigilante armada para uma empresa de segurança foi indenizada em R$ 12 mil por dano moral por não receber colete à prova de balas por parte do empregador. Os magistrados da 6ª Turma do TRT da 2ª Região reverteram a decisão de origem (da 21ª VT/SP),…

leia mais
+
Noticias / 26 out 2020

Amputação parcial de dedo de trabalhadora em fábrica de chaves de Pouso Alegre gera dano moral e estético

Fonte: TRT3. Acessado em 26/10/2020. Uma fábrica de chaves terá que pagar indenização por danos morais e estéticos, no valor de R$ 7 mil, a uma ex-empregada que teve um dos dedos da mão parcialmente amputado em acidente de trabalho. A decisão é dos julgadores da Quinta Turma do TRT-MG, que manteve a sentença proferida pelo juízo da 1ª…

leia mais
+
Noticias / 23 out 2020

Justiça do Trabalho rejeita acordo extrajudicial com cláusula que representava renúncia total de direitos

Fonte: TRT3. Acessado em 23/10/2020. Os julgadores da Sétima Turma do TRT de Minas negaram provimento ao recurso de duas empresas do ramo de construção e energia para manter decisão do juízo da 3ª Vara do Trabalho de Governador Valadares que deixou de homologar acordo extrajudicial celebrado com um trabalhador. Pelo acordo, o empregado…

leia mais
+
Noticias / 21 out 2020

Broncas na frente de clientes e outros colegas caracterizam dano moral

Fonte: TRT2. Acessado em 21/10/2020. Uma empresa do segmento de tapeçaria foi condenada a pagar R$ 6 mil em danos morais a uma empregada que levava broncas frequentes de seus patrões na frente de clientes e outros vendedores. A decisão foi da 2ª Turma do Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região, reformando decisão da 2ª Vara do Trabalho…

leia mais
+
Noticias / 19 out 2020

Vale indenizará em R$ 75 mil trabalhador que escapou do rompimento em Brumadinho fugindo pela mata

Fonte: TRT3. Acessado em 19/10/2020. A Vale S.A. terá que pagar R$ 75.809,00 de indenização por danos morais ao trabalhador que sobreviveu no rompimento da Barragem do Córrego do Feijão, em Brumadinho, ao escapar da lama fugindo por uma mata. A decisão é da juíza Renata Lopes Vale, na 5ª Vara do Trabalho de Betim, que reconheceu “que…

leia mais
+
Noticias / 16 out 2020

Empregado que sofria deboches da chefia por ter depressão deve ser indenizado

Fonte: TRT4. Acessado em 16/10/2020. Um trabalhador que sofria deboches do chefe por ter depressão deve ser indenizado em R$ 5 mil, por danos morais. A decisão é da 6ª Turma do Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região (TRT-RS), confirmando, no aspecto, a sentença do juiz Bruno Marcos Guarnieri, da Vara do Trabalho de Farroupilha. Houve…

leia mais
Compartilhe
Gostou do nosso conteúdo? Inscreva-se para receber as novidades!
Desenvolvido por In Company